Rua Bahia, 92 - Vila Oriental
Diadema - SP - Brasil - 09941-740
Tel.: (11) 3140-1500     rust@rust.com.br
Rua H, quadra 6, lote 16
Pólo de Apoio / Camaçari - BA - Brasil - 42801-170
Tel.: (71) 3644-9650     rustba@rust.com.br

 Áreas de Atuação / SANEAMENTO BÁSICO



SANEAMENTO BÁSICO

No segmento de saneamento básico existem basicamente três tipos plantas de tratamento: Estações de Tratamento de Água (ETA), Estações de Tratamento de Esgotos (ETE) e Estação de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEI).

Estação de Tratamento de Água é composta por um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são aplicados na água para que esta fique em condições adequadas para o consumo, ou seja, para que a água se torne potável. A corrosão nesse processo é provocada por águas ácidas, com elevados teores de gases dissolvidos (Dióxido de Carbono – CO2, Oxigênio – O2) e sais neutros como os cloretos, sulfatos e nitratos. A incrustação tende a surgir em águas com alcalinidade elevada, sobretudo a altas temperaturas.

Estações de Tratamento de Esgoto são tratamentos de todos os resíduos líquidos provenientes de indústrias e domicílios e que necessitam de tratamento adequado para que sejam removidas as impurezas e assim possam ser devolvidos à natureza sem causar danos ambientais e à saúde humana.

Geralmente a própria natureza possui a capacidade de decompor a matéria orgânica presente nos rios, lagos e no mar. No entanto, no caso dos efluentes essa matéria é em grande quantidade exigindo um tratamento mais eficaz em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que, basicamente, reproduz a ação da natureza de maneira mais rápida.

O tratamento dos esgotos domésticos tem como objetivo, principalmente: remover o material sólido; reduzir a demanda bioquímica de oxigênio; exterminar microorganismos patogênicos; reduzir as substâncias químicas indesejáveis.

Estações de Tratamento de Efluentes Industriais, é importante destacar que o tratamento dos efluentes industriais pode variar muito dependendo do tipo de efluente tratado e da classificação do corpo de água que irá receber esse efluente. Quanto ao tipo, o esgoto industrial costuma ser mais difícil e caro de tratar devido à grande quantidade de produtos químicos presentes. Quanto à classificação, o efluente deve ser devolvido ao rio tão limpo ou mais limpo do que ele próprio, de forma que não altere suas características físicas, químicas e biológicas. Na maioria dos casos o próprio resíduo é corrosivo e pode causar danos em equipamento do processo de tratamento

Os problemas originados pela corrosão e formação de depósitos nas canalizações e equipamentos em geral, são a diminuição do seu tempo de vida, aumento dos custos de manutenção, diminuição da qualidade da água potável, perturbações na circulação de água e a perfuração das tubulações.

Os revestimentos anticorrosivos proporcionam proteção eficaz contra a corrosão provocada no processo de tratamento de efluentes domésticos e industriais.

Revestimentos e Sistemas Anticorrosivos recomendados para o segmento de Saneamento Básico:

>> FIBERGLASS - Laminado com Fibra de Vidro.

>> FIBERBRICK

>> GLASSCOTE 3000 - Piso anticorrosivo reforçado com Fibra de Vidro.

>> POLICRETE

>> LINHA RESILIT - Rejuntamentos anticorrosivos.

>> FLAKEGLASS - Pintura industrial de alta performance.


Para obter mais informações, entre em contato conosco pelo e-mail: marketing@rust.com.br




Grupo Rust & Resinar no Facebook


Depoimentos

Receba Newsletter


© 2017 Grupo Rust & Resinar - Todos os direitos reservados. By Guest